segunda-feira, 10 de março de 2008

Tarso diz que governo pode tratar entrada de espanhóis com mais rigor

Pra quem se escondeu sob uma pedra na última semana e meia, a Espanha barrou a entrada de um grupo relativamente grande de turistas brasileiros que, alegadamente, não atendiam aos requisitos mínimos para entrar no país como turistas.

E agora, os comentários.

Esteban|10/03/2008 13h42
Creio que a populacao brasileira deve comecar a boicotar empresas e produtos Espanhois, Americanos, onde os Brasileiros são tratados com escoria humana
O governo do PT deveria investigar a fundo todas as inversões espanholas no Brasil, com dinhero sujo.

Todas as inversões espanholas no Brasil são com dinheiro sujo? Bela maneira de contestar a generalização de um povo, não?


jaba|10/03/2008 13h40
Acho que o Brasil deveria tratar todos os turistas com mais rigor, pois a maioria só vem para cá para fazer turismo Sexual, é um absurdo que os paises de 1º mundo tenham essa idéia do nosso país.

Se a maioria vem pra cá pra fazer turismo sexual como você diz, como evitar que os países de primeiro mundo não tenham essa idéia?


Eduardo Ponticelli|10/03/2008 13h39
O Brasil faz bem em retalhar os espanhois assim como fez com os americanos, mas acho q uma resposta contudente seria a exclusão da Iberia da suas listas de opções de viagem, q fiquem estes aviões fazios e bastante prejuizo pra esta companhia espanhola.

Oh, céus! Vão começar a retalhar os espanhóis! Barbárie, barbárie!


Renato Zózimo de Souza|10/03/2008 13h38
Acho corretíssima à atitude do Ministro da Justiça. Temos que ser respeitados, não só pelos espanhóis, mas também pelos americanos. Nós brasileiros somos muito discriminados em outros países. Há alguns anos, estive no consulado americano no RJ para entrevista na tentativa de visto para uma viajem ao

Viagem ao o quê? Oh, e agora?!?!? Não poderei dormir sem saber o resto da história!

Um comentário:

almi morais disse...

E uma atitude acertada a reciprocidade,pois eles sentirão na pele que e preciso respeitar os direitos do cidadão estrangeiro,e que quando estes direitos forem desrespeitado receber o troco pela atitude arbritrária é uma questão de honra.